quarta-feira, 20 de junho de 2012

Cruel Paixão (Silas de Oliveira e Daniel Santana)

Brasa inédita do mestre Silas de Oliveira. Gravação feita com uma câmera digital durante a apresentação do Batalhão de Sambistas em Ouro Preto. E esse coro bonito é da turma do Brasil 41, a roda mais quente de Belo Horizonte... Salve rapaziada!



Existe uma cruel paixão
Guardada em meu coração
Eu sei quem deixou
Foi meu primeiro amor
Vivo a cantar
Para ver se consigo olvidar
E não ver os meus olhos lacrimar

Amanhece e anoitece
Eu sei que nesse mundo tudo se fenece
Então porque essa paixão
Do meu coração não desaparece

.

Nenhum comentário: