segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Em barracão de zinco o céu é forro...

Céu é Forro 
(Noel Rosa de Oliveira e Ivan Salvador)


Subi o morro 
Só para ver como é que é
Se homem é mais valente
Se a cabrocha é mais mulher
E constatei 
Que o amor faz sua morada
No meio daquela gente
Se é noite de batucada

Tristeza não tem fim no morro
Em barracão de zinco o céu é forro
Felicidade existe sim
Quando há violão e tamborim


.

Nenhum comentário: