quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Abre a roda moçada que o samba é pesado!

Batuqueiro (Candeia)
Intérprete: Paulinho da Viola


Abre a roda moçada que o samba é pesado
Sim meu senhor
Batuqueiro que é bamba não é derrubado
Sim meu senhor
Se cair se levanta de bico calado
Sim meu senhor
Batuqueiro de roda não fica sentado

Quem sai com chuva vai se molhar
Quem vai pro samba vai pra sambar
A batucada já começou
O samba é duro, mas sambar eu vou

Abre a roda moçada que eu vim da favela
Sim meu senhor
Sai da porta menino e não abre a janela
Sim meu senhor
Esse samba é pra homem, não é pra donzela
Sim meu senhor
O Marçal está pensando, esperando por ela

Abre a roda moçada que eu vim da favela
Sim meu senhor
Levo para a comadre uma rosa amarela
Sim meu senhor
Venho lá de Mangueira, ainda vou na Portela
Sim meu senhor
E o nêgo comendo farofa amarela
Sim meu senhor
Quero ver a comida que tem na panela
Sim meu senhor


.

Um comentário:

Artur de Bem disse...

Pooorra!!!!
Bem lembrado!!!

Demais!!!