quarta-feira, 6 de julho de 2011

Confraternizações de Walter Rosa

Walter Rosa
Em 1955 o compositor portelense Walter Rosa resolveu homenagear seus companheiros de sambe a quem tinha grande apreço e respeito compondo o samba "Confraternização". O samba foi um sucesso nos melhores terreiros do Rio e foi muito cantado nas mais diversas rodas de samba. 

Empolgado com o sucesso do samba, compôs em 1957 uma nova homenagem, o samba "Confraternização nº2", que pouco tempo mais tarde ganhou uma nova versão citando o samba-enredo do Salgueiro de 1963, "Chica da Silva" e o samba de Hélio Cabral gravado por Clementina de Jesus em 1965, "Semente do Samba". 

Alguns compositores acabaram se aborrecendo por não terem sido citados nos sambas do portelense. Reza a lenda que o compositor Mazinho, também da Portela, chegou a fazer um samba em resposta a Walter e a letra  foi publicada em um jornal da cidade. Walter resolveu então fazer mais um samba, pra acabar de vez com aquele clima. "Confraternização nº 3" foi composto em 1959 e assim como o samba anterior, ganhou mais tarde uma nova versão onde o compositor incluiu referências ao samba "Sei lá, Mangueira" e a Martinho da Vila.        


As gravações abaixo foram retiradas do disco História das Escolas de Samba Vol. 3.


Confraternzação 
(Walter Rosa)


Envio aqui musicalmente cartões de boas festas
A todos os poetas e compositores
Espero que estes os encontrem contentes e gozando saúde
E felizes em seus amores
Zinco, lá dos Filhos do Deserto
Prefere sempre estar perto das florestas, ouvindo os passáros cantando
Cartola se afasta do morro mas não vai embora, a saudade lhe devora 
De Carlos Moreira, Zagaia e Padeirinho
Com este último com quem conversei bastante
Sobre um assunto interessante com Nonô do Jacarézinho
Ariosto Ventura de tanto dizer vem morar comigo
Se andares direito te darei amor, se errares te darei só castigo
Ilco, lá do Engenho da Rainha, uma vez numa tendinha me chamou em particular
Walter Rosa, por Deus quero compor com você uma prosa que não relacione o amor
Silas, viga-mestre do Império Serrano, lá do alto quando abre-se o pano aparece a cantar
És a luz da minha vida para ela, a Serrinha em peso abre a janela para ouvir o seu cantor
Candeia, Waldir, Picolino, Manacéa, Alvaiade, Avelino, Monarco e Chatim
Padrões de talento da Portela, os seus valores não tem fim


Confraternização 2
(Walter Rosa)


Renovarei votos de estima aos poetas e compositores já citados
Chegou a vez daqueles que ainda não foram lembrados
Que vivem escondidos por aí com lindas melodias que o povo quer ouvir
Noel e Anescarzinho do Salgueiro quando lançaram no terreiro
O samba que o brasileiro vibrou, Chica da Silva do cativeiro zombou
Cícero e Hélio Cabral da Estação Primeira
Diz que a semente do samba quem possui é só Mangueira
Ramon Russo ao passar pelo Império foi um caso sério
Com aquele tal de Timbó
Foi notória a presença de Osório, diz o que quis no samba tango
Escreveu como ele só, aAssim redigiu dançando me viu
E fingiu que não viu, com aquele cavalheiro ela saiu
Valter Coringa só escreve o fino e bacana, assim como o grande Cabana
Aidno, Catoni e Evancoé,  este que fez sua transferência pra Portela tal qual o Jair da Capela
Hoje com Jorge Bubu e Casquinha defendem Oswaldo Cruz, onde a música seduz



Confraternização 3
(Walter Rosa)


Parabenizaram-me, muitos ficaram aborrecidos
Foi aquele zum zum zum dentre os que não foram incluídos
Levaram a cópia do original da Confraternização nº1
Ao conhecimento de um jornal
Garanto que não foi nenhum dos valores escondidos que existem por aí
Por exemplo: Everaldo que eu conheci na residência de Antônio Candeia
Para mim foi um dia feliz, assim como vivem felizes Carlinhos Sideral, Velha, Matias e Bidi
Enquanto possuirem o samba na veia defenderão a sua Imperatriz
Quem não conhece o talento de Tolito, Geraldo Babão, Zuzuca e Darci, que só faz samba bonito
Mantive um papo sadio com Aurinho da Ilha sobre Paulinho da Viola e o seu sucesso "Sei lá não sei"
Chegou Jorginho dizendo: gravei um LP que é só maravilha, os autores são Pelado,Preto Rico e Leléo
Mostrou-se muito empolgado com Martinho de Vila Isabel, que está com a bola branca
E promete ocupar o trono de Noel


.

Nenhum comentário: