terça-feira, 31 de maio de 2011

Eu vou te mandar embora, ô ingrata solidão

Geraldo Babão
Hoje o "Samba em dois tempos" vira samba em três tempos... Afinal, entre as 3 gravações do samba "Ingrata Solidão" (também conhecido apenas como "Solidão) do salgueirense Geraldo Babão, ficou dificil descartar uma, então fica assim:

A primeira gravação, do também salgueirense Zuzuca, com a velha guarda do Salgueiro. Essa gravação foi retirada do disco "As minas do Rei Salomão", de 1975. Das três, essa é a que mais gosto:




A segunda, feita um ano mais tarde pelo mesmo Zuzuca no disco "Deu Zebra" de 1976, tem uma levada mais pra frente, mas tem tipo um sintetizador na introdução que me desagrada um pouco... mas depois volta ao normal e é sem duvida uma bela gravação:




Ingrata Solidão (Geraldo Babão)

Solidão
Por que tanto me persegue
E não me deixa de mão
 Solidão
Te considero em minha em vida
A pior tentação
 Solidão
Eu ainda espero um dia
A felicidade invadir meu coração

Eu vou lhe mandar embora
Ô ingrata solidão

Depois que conseguir tudo o que quero
Quem há muito eu espero
Não sentirei mais paixão
 Vou sufocá-la num beijo
Que é todo o meu desejo
Te esquecerei solidão



E, de brinde, a uma gravação mais recente, feita pelo grupo Terreiro Grande e Cristina Buarque em 2007, com destaque para o vozeirão do Tuco:





.

2 comentários:

fabinho disse...

gostaria da cifra dessa musica

fabinho disse...

gostaria de saber a cifra dessa musica o ingrata solidão .