sexta-feira, 6 de maio de 2011

Dorival Caymmi

Ouvindo uns discos do Dorival Caymmi, percebi que ainda não falei sobre esse gênio aqui no blog. Aliás, do velho baiano não precisa ser dita muita coisa, basta ouví-lo cantando suas letras e dedilhando seu violão... não precisa mais nada.

Caymmi é simples e inigualável... Você já foi à Bahia? não?  então vá... mas se não der, ouça Caymmi... Faça um belo passeio pela  poesia do mestre e conheça toda a beleza da Bahia... Em pleno Dois de Fevereiro, dia de festa no mar, dia de ouvir Histórias de Pescadores, as Lendas do Abaeté...

Depois fazer uma boquinha na barraca da Preta do Acarajé e se deslumbrar com a morena que passa, mexendo as cadeiras, deixando todo mundo doido... As mulheres com ciúmes, resmungando - "essa vizinha aí do lado..." - e a molecada gritando, "onde vais Morena Rosa, com essa rosa no cabelo e esse vestido de bolero?"... E ela responde: "Eu vou é lá pra Maracangalha", vou ouvir Dorival cantar... Caymmi é isso, é conhecer a Bahia sem sair de casa... E no fim do disco vocês já estarão com saudades da Bahia...






 Pra quem conhece pouco, baixe e conheça mais... Pra quem não conhece, siga a dica do Chico Buarque e "use Dorival Caymmi" sem moderação!

Canções Praieiras - 1954

Sambas - 1955
  
Eu vou pra Maracangalha - 1957

Caymmi e o Mar - 1957

Ary Barroso e Dorival Caymmi - 1958

Dorival Caymmi - 1960

Caymmi, Som, Imagem, Magia - 1985


.

Nenhum comentário: