segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A musica de Paulo Vanzolini por Carmem Costa e Paulo Marquez

Carmem Costa e Paulo Marquez cantam a musica de Paulo Vanzolini em um disco repleto de sambas inspiradissimos do "sambista da ciência" ou "cientista do samba", como queiram...

O disco tem umas coisas meio machistas como Mulher Toma Juízo em que ele lança mão do verso originalíssimo "mulher que não rí não precisa dente". Em Mulher que não dá samba ele faz um desabafo: "ainda se fosse brava porém cometente, se atrás da bronca viesse a roupa limpa e o café quente"... Só ele mesmo, o cara tinha o dom de esculachar... não que eu concorde com esse modo de pensar, mas que isso rendeu bons sambas não se pode negar...

Tem uns sambas com um toque de baião, como Choro das Mulatas e Menina que Foi o Baque que também são demais. O que chama atenção, além da interpretação da dupla Carmem Costa e Paulo Marquez são as letras geniais de Vanzolini, com seus versos impecáveis e que caem como luvas sobre a melodia, falando sobre amor, sobre a vida, sobre coisas triste ou engraçadas o disco nos mostra um Paulo Vanzolini que poucos conhecem.

Um tira gosto:

Cara Limpa (Paulo Vanzolini)
Intérprete: Paulo Marques



Já me acostumei, já não ligo
Até exibo certa naturalidade
Amei, perdi, senti saudades
Roí osso muito duro, 
Arrastei bonde pesado
Hoje sou homem mudado,
Faço planos de futuro
Não penso mais no passado

Já me acostumei
Com o dia a dia em vez de vida inteira
Relógio em vez de retrato na cabeceira
Posso me dizer
Que olho pra ela e nada sinto
Posso me dizer
Com a cara limpa em quanto minto





1 - Mulher que não dá samba (Paulo Vanzolini) 
2 - Falta de mim (Paulo Vanzolini) 
3 - Inveja (Paulo Vanzolini) 
4 - Ronda (Paulo Vanzolini) 
5 - Samba abstrato (Paulo Vanzolini) 
6 - Sorrisos (Paulo Vanzolini) 
7 - Teima quem quer (Paulo Vanzolini)
8 - Maria que ninguém queria (Paulo Vanzolini) 
9 - Menina o que foi o baque (Paulo Vanzolini) 
10 - Cara limpa (Paulo Vanzolini) 
11 - Mulher toma juízo (Paulo Vanzolini) 
12 - Choro das mulatas (Paulo Vanzolini) 

Nenhum comentário: