terça-feira, 20 de julho de 2010

Bonicto!




Hoje, se estivesse vivo, o grande Roberto Ribeiro e seu inigualável gogó completariam 70 anos. Fica aquí minha homenagem a esse que considero um dos maiores cantores que já ouví!

Pá Nela
(Gonzaguinha)

Intérprete: Roberto Ribeiro



Ô muié...
Traga a panela

Pr´eu bater no fundo dela,
Com o cabo da cuié

Pois se não tem feijão...
Ora, vâmo fazer um arrasta-pé

Pois se não tem feijão...
Ora, vâmo fazer um arrasta-pé

Eu já vivi muito tempo e vou viver muito mais
Já vi coisa nessa vida de fazer cair pra trás

O mandado é quem faz tudo, mandador é quem desfaz

O mandado não tem nada, mandador tem é demais


REFRÃO


Quem tem medo fiquem em casa
Quem não tem que vá viver

Caia no meio da rua pra amar ou pra sofrer

Vá sabendo que na vida o mais certo é só morrer

E quem nunca teve nada, nada tem o que temer


REFRÃO


Quero é festa no terreiro, muita farra, empolgação

Alegria, dançar samba, afoxé, xote e baião

Quero ver sorriso e fogo, que nem noite de São João

E que essa gente brasileira nunca perca o coração



O Roberto Ribeiro já foi homenageado aquí no Receita, com direito a coletânea com uma seleção especial de seus melhores sambas, confira!

Nenhum comentário: