quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A Nova Geração do Samba: Respeito às Raízes!

Hoje o samba está na moda! A cada dia aparecem tantos grupos e cantores que às vezes fica difícil distinguir entre um disco de samba de qualidade, feito com inspiração e, principalmente, respeito às origens e à história do nosso Samba autêntico e um disco produzido para ganhar $$$!

Hoje em dia aparece um monte de gente batendo no peito, dizendo que está resgatando o Samba e a memória de nossos grandes compositores, mas o que eu vejo é uma suruba de novos cantores que pouco ou nada conhecem sobre o samba, gravando discos enlatados pelos produtores do momento e acabando com a ginga e a malícia do samba. Quando se ouve algo novo hoje em dia tem-se a impressão de que já ouvimos aquilo antes... Fica tudo igual, letras, intrumentos, músicos e arranjos, aquele andamento corrido... As gravadoras hoje só querem o samba estilo Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e toda essa turma do Cacique de Ramos...

Já previa o Paulinho da Viola há decadas atrás: Tá legal, eu aceito o argumento, mas não me altere o samba tanto assim!!!

Eu já destaquei aqui no blog grupos novos como o ótimo Terreiro Grande, o Samba de Fato e outros que realmente fazem um samba autêntico, com respeito às raízes, instrumentos tradicionais, enfim, um samba mais parecido com aquele que se ouvia até a década de 70, antes da febre do pagode e as mudanças no samba durante os anos 80.

Hoje destaco mais quatro discos, que merecem uma conferida atenta! Anotem as receitas:

T-Kaçula e Renato Dias: Samba Rural Urbano (2007)


T-Kaçula e Renato Dias são dois sambistas e pesquisadores que vêm resgatando a tradição e a memória cultural do samba paulista, que apesar do estigma criado por um comentário infeliz feito por Vinicius de Moraes há tempos atrás, é de uma riqueza incrível.

Samba Rural Urbano é fruto de uma extensa pesquisa sobre as origens interioranas do samba paulista, o chamado Samba Rural Paulista, que resultou em uma série de composições inéditas que nos levam a um passeio pelo que há de melhor no samba paulista! Destaque para a parceria com Toniquinho Batuqueiro.


1- Bolo de fubá (Renato Dias e T. Kaçula)
2- Lorena (Renato Dias e T. Kaçula)
3- Lá no céu (T. KaçulaRenato Dias, Tito P.D.C.,)
4- Marra no Mourão (Toniquinho Batuqueiro)
5- Capinando história (Renato Dias e T. Kaçula)
6- Kolombolo (Toniquinho Batuqueiro, T. Kaçula, Renato Dias)
7- Sob o luar do sertão (Renato Dias e T. Kaçula)
8- Bumbo de Pirapora (T. Kaçula e Renato Dias) Part. Fabiana Cozza
9- De papo pro ar (T. Kaçula e Renato Dias)
10-Viola (T. Kaçula, Renato Dias, Marco Mattoli)
11-História de Boiadeiro (T. Kaçula e Renato Dias)
12-Tião Boiadeiro (T. Kaçula e Renato Dias)






Grupo Patuá
O Patuá é um grupo de Belo Horizonte que faz um samba com grande influências do choro. Ótimos musicos e composições inéditas mostram a perfeita ligação entre a informalidade do samba e o jeito chorado de se tocar, com belos arranjos de bandolim, flauta e sete cordas.

1 - Métodos e medidas (Luisinho Capadócio)
2 - Aprediz de chorão (Thiago Balbino)
3 - Meu guia (Fabinho do Terreiro e Luisinho Capadócio)
4 - Dias de Carnaval (Francisco Leão, Luisinho C. e Rubem Kurunga)
5 - Lembranças de Vó Lia (Thiago Balbino e Luisinho Capadócio)
6 - Ilusão (Amon Kurunga, Lucinio Ruas e Paulinho Pedra Azul)
7 - Maria (Cabral e Luiz Carlos da Vila)
8 - Chora pro nobis (Thiago Balbino)
9 - Reamar (Amon Kurunga e Roberta Horta)
10 - Zé (Amon Kurunga, Gabriel Kurunga e Luisinho C.)
11 - Minha Cidade (Amon Kurunga e Francisco Leão)
12 - Thiago no choro (Geraldinho Alvarenga)
13 - Vem pra Minas (Luizinho Capadócio e Rubem Kurunga)
14 - Ode ao samba (Amon Kurunga e Luizinho Capadócio)
15 - Contamão (Amon Kurunga e Luisinho Capadócio)

BAIXAR





Banda Glória Convida Cristina Buarque


A Banda Glória é um grupo paulista formado por 14 músicos e que nos traz nesse disco grandes composições de nomes consagrados como Candeia, Ataulfo Alves, Pedro Caetano, Wilson Batista, Geraldo Pereira, Paulo César Pinheiro e Mauro Duarte, além de uma canção inédita do mestre Cartola, "um casal que chora". Os arranjos são ótimos e o resultado final, maravilhoso!

1 - Meu romance (J. Cascata)
2 - Disse me disse (Claudionor Cruz e Pedro Caetano)
3 - Não deixo saudade (Manoel Ferreira e Roberto Martins)
4 - Bemóis (inspiração) (Candeia)
5 - Um casal que chora (Cartola)
6 - Conversa fiada (Ciro de Souza e Geraldo Pereira)
7 - Ai de mim (Bide)
8 - Salve o américo (Alcyr Pires Vermelho e Pedro Caetano)
9 - Não me olhes assim (Erasmo Silva e Mário Lago)
10 - Sim, sou eu! (Ataulpho Alves)
11 - O morro está de luto (Lupicínio Rodrigues)
12 - Chinelo velho (Marino Pinto e Wilson Batista)
13 - Parabéns para você (Roberto Martins e Wilson Batista)
14 - A água rolou (Mauro Duarte e Paulo C. Pinheiro)

2 comentários:

Anônimo disse...

Algumas pessoas estão se dedicando à salvação do samba, outras à preservação da música sertaneja, do baião, etc.
Com essa febre de vender disco, as gravadoras estão fazendo salada mista dos nossos ritmos.
Você é um dos últimos herois da resistência ... ainda bem.

Fábio - Uberaba - MG

Vinicius Leandro Terror disse...

Salve Fábio! Obrigano meu camarada!