segunda-feira, 18 de maio de 2009

Samba?


A primeira menção ao termo Samba que se conhece foi feita em 1838 em um jornal pernambucano denominado "O Carapuceiro", porém o significado do termo não tinha qualquer semelhança com o que conhecemos hoje em dia.

Em sua essência o surgimento do samba está fortemente ligado à cultura africana e às músicas e danças trazidas pelos escravos. No passado denominava-se batuque qualquer manifestação envolvendo canto, dança e instrumentos musicais dos negros. Assim o termo fou usado para designar os festejos até o início do século XX, quando a palavra Samba passou a ocupar mais espaço.

Ao conquistar o ambiente urbano no início do século XX o samba ganhou elementos do maxixe, um ritmo muito difundido na época. "Pelo Telefone", o primeiro samba gravado, atribuído a Ernesto dos Santos - Donga, ainda era tocado em rítmo de maxixe.

O samba como conhecemos hoje começou a ser moldado por Ismael Silva e a turma do Estácio de Sá, entre eles Bide e Marçal. A partir daí o samba ganhou uma nova roupagem. Foram introduzidos instrumentos de marcação como o surdo e a cuíca.

Foi no Estácio que surgiu em 12 de agosto de 1928 a primeira escola de samba, a "Deixa Falar", comandada por Ismael Silva. Durante a década de 30 o Estado implantado no Brasil após a Revolução de 1930, aproveitando-se do apelo popular do samba, passou a incentivar o carnaval de rua com desfiles de escolas de samba e a utilização da novidade do rádio para a divulgação do samba.

Dessa forma, já na década de 40 a palavra samba já era sinônimo de brasileiro, ganhando fama internacional.

O samba não parou de evoluir e criou raízes tão sólidas que hojé seria impossível enumerar os significados de todas as suas ramificações como o Samba-Choro, Samba-Canção, Samba-de-Roda, Samba-de-Terreiro, Samba-Enredo, Samba-de-Quadra, Samba de Partido-Alto, Samba-de-Breque, Samba-de-Gafieira, Samba-Reggae, Samba Rock....

Sendo assim, como qualquer processo evolutivo, a evolução do samba é longa e lenta. Aos poucos vou postando coisas interessantes pra vocês junterem as peças deste grande quebra cabeças!

Até mais!

Um comentário:

Cecilia disse...

Oi Zé! Chique demais esses vídeos, amei! Se não fosse o seu Blog, acho que nunca tomaria a iniciativa de vê-los!... Valeu! Vou acompanhar... Beijo!!